O Museu Nacional do Azulejo em parceria com a EPAL, Empresa Portuguesa das Águas Livres, SA, apresenta no Reservatório da Mãe d’ Água das Amoreiras, a exposição “A Água no Azulejo Português do Século XVIII”. Realizada no âmbito do IWA - World Water Congress - que decorrerá em Lisboa de 21 a 26 de Setembro, esta exposição procura reflectir sobre a representação da água no azulejo português setecentista. Os painéis apresentados, alguns deles inéditos, reflectem a visão da água nas diversas vertentes da cultura, da religião à mitologia; do quotidiano à imagem real de uma cidade, Lisboa.